Carregando...

Divulgação Científica

A divulgação científica tem um papel fundamental na construção e desenvolvimento de pensamentos críticos que envolvem a ciência, saúde, meios de comunicação e coletividade. Ela tem um papel fundamental para a sociedade, onde informações importantes são ministradas de maneira acessível para a população. Esses conteúdos são oferecidos ao público por meio de redes sociais e plataformas virtuais, ampliando ainda mais o alcance das informações científicas.


Primeiro encontro do INNT, em 2010

 


Primeira reunião do INNT, em 2010

O PGNET preza pela reorganização e reconhecimento da ciência, e pela melhoria da sua acessíbilidade em favor da sociedade. Com base nisso, alguns professores e colaboradores do PGNET vem alcançando o objetivo de reduzir o analfabetismo científico na população, com foco na valorização da ciência.

Professor Vivaldo Moura Neto

Idealização e realização da Cátedra Unesco de Biologia de Desenvolvimento (1998-2016) em parceria com a Professora Nicole Le Douarin, Academia de Ciências da França. A Cátedra percorreu os estados brasileiros oferencendo cursos teórico-práticos a universitários e alunos de ensino médio, envolvendo mais de 150 pesquisadores e centenas de discentes.

Dr. Roberto Lent

  • Coluna semanal de artigos sobre Neurociência em O Globo Online;
  • Livro atual publicado, dirigido a professores (O cérebro Aprendiz, Ed. Atheneu, 2019);
  • Livro multiautorial publicado, dirigido a professores (Ciência para Educação - Uma Ponte entre Dois Mundos, Ed. Atheneu, 2018);
  • Fundação e Coordenação da Rede Nacional de Ciência para Educação, atualmente com 150 pesquisadores em todo o país (cienciaparaeducacao.org)

Dr. Sérgio T. Ferreira (UFRJ)

  • O grupo participa do Visilab - Semana do Cérebro (SIGProj nº242954.1276.866166.28072016), projeto de extensão que apresenta para estudantes do ensino básico os conhecimentos básicos de neurociências através de visita guiada a nossas dependências;
  • Entrevistas/artigos em veículos de comunicação para público diverso (podemos fornecer uma lista caso desejado);

Dr. Paulo caramelli (UFMG)

  • Televisão: entrevistas à Rede Globo (Globo Repórter, MG-TV), TV Minas (Jornal Minas, Programa Sou 60);
  • Jornais: entrevistas aos jornais Estado de São Paulo, Folha de São paulo, Hoje em Dia, Diário de Uberlândia, Zero Hora.
  • Revistas: entrevista às revistas IstoÉ, Saúde, Super Interessante.
  • Sites: entrevistas ao Portal G1, Portal UOL, BBC Brasil e BBC Espanha.

Dr. Esper Cavalheiro (UNIFESP)

Latin-American Summer School on Epilepsy teve sua 13a. edição em 2019. O objetivo central é oferecer a jovens neurocientistas de toda a América Latina a oportunidade de aprender, discutir e conviver, por 10 dias em regime de DE, com os principais pesquisadores de várias regiões do planeta, os avanços sobre a epilepsia que acomete 1% da população mundial.

Dra. Andrea Trentin

Foi chefe do Departamento de Biologia Celular, Embriologia e Genética da UFSC e foi coordenadora e sub-coordenadora dos Programas de Pós-graduação em Neurociência/UFSC. Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Foi membro do Comitê de Assessoramento em Morfologia do CNPq. É membro da Rede Nacional de Terapia Celular (RNTC), International Society for Stem Cell Research e do Instituto Nacional de Medicina Regenerativa (REGENERA/Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura).

Dr. Roger Walz

Fez pós-doutorado em Neurofisiologia Clínica e Cirurgia de Epilepsia no Departamento de Neurologia, Psiquiatria e Psicologia Médica da FMRP-USP (2000-2003) onde obteve o Grau de Livre Docente em Neurologia (2003). É orientador dos cursos de Pós-Graduação em Neurociências e em Ciências Médicas da UFSC. É Professor Titular do Departamento de Clínica Médica da UFSC desde 2004, tendo ocupado os cargos de sub-chefe (2010) e de chefe e sub-chefe (2011). Consultor do CNPq, CAPES, FAPESP, FAPEMIG, Ministério da Saúde, FINEP, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Programa Iberoamericano de Ciência y Tecnología para el Desarrollo (Spain), Catalan Agency for Health Technology Assesment Research (Spain), Alzheimer's Research (United Kingdom). É pesquisador 1A do CNPq. Até janeiro de 2022 teve 233 artigos científicos publicados (216 indexados no PubMed) com 8.004 citações e um Índice "H" de 48 no Google Scholar.

Dra. Monica Gadelha

Professora do Departamento de Clínica Médica - Endocrinologia - da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Membro Titular da Academia Nacional de Medicina; É coordenadora do Centro de Pesquisa em Neuroendocrinologia do Serviço de Endocrinologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da UFRJ e chefe do Ambulatório de Adenomas Hipofisários do HUCFF - UFRJ. Editora Associada do The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism, um dos periódicos mais importantes na área de Endocrinologia.

Dra. Silvia L. Costa

Professor Permanente e Coordenador do Programa de Pós-graduação em Imunologia (UFBA), Professor Permanente do Programas de Pós-graduação em Ciência Animal nos Trópicos (UFBA e Professor Colaborador do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia da Universidade Estadual de Feira de Santana, Pesquisador CNPq Nível 1D (BF), Pesquisador Principal e Coordenador do Laboratório de Neuroquímica e Biologia Celular do Instituto de Ciências da Saúde da UFBA. Tem experiência na área de Ciências Biológicas, com ênfase em Farmacologia Bioquímica e Molecular, Neurociências e Imunologia.

Dr. Rubem Guedes

Realizou estágios pós-doutorais no Max-Planck Institute for Chemical Biophysics, em Göttingen/Alemanha (1988-89), no Kyushu Institute of Technology, no Japão (2000), no Department of Clinical Neurophysiology, Faculty of Medicine of the University of Göttingen (em 2005) e no Department of Pharmacology, University of Oxford, UK (Agosto-Novembro de 2015). Desde 1993 é professor titular da Universidade Federal de Pernambuco, mediante aprovação em concurso público de títulos e provas com defesa de tese experimental. É Editor Associado das 3 seguintes revistas: "Nutritional Neuroscience" (USA), "Frontiers in Aging Neuroscience" (Switzerland) e Brain Sciences (Manchester-UK).

Dra. Angela Wyse

É Membro Titular da Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences - TWAS), na área Médica e Ciências da Saúde (Neurociências), Professora Visitante na Stockholm University and Karolinska Institutet, Suiça (2019). Atua nas áreas de Bioquímica e Neurociência, com ênfase em neuroproteção e doenças neurometabólicas hereditárias. Publicou mais de 400 artigos científicos em revistas internacionais de referência na sua área e formou mais de 70 mestres e doutores. É Secretária Regional da SBPC-RS desde 2019. Recebeu o Prêmio CAPES-ELSEVIER, que reconhece pesquisadores e a sua contribuição para o desenvolvimento da ciência. Recebeu o Prêmio Pesquisador Gaúcho - FAPERGS 2018 e o Prêmio "Cientista do Ano de 2020", pelo Instituto norte-americano International Archievements Center.

Dr. Paulo Niemeyer Soares Filho

Médico (1975) pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em 1978, foi contratado como médico neurocirurgião pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, lotado no Hospital Municipal Souza Aguiar. Após período de treinamento microneurocirúrgico, no laboratório de neurocirurgia da University of Gainesville, Flórida, EUA, com Prof. Albert Rhoton Jr, introduziu no Brasil a técnica microcirurgica de descompressão microvascular para tratamento da nevralgia do trigêmeo. Em 2013, tornou-se Diretor Médico do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, cargo que ainda ocupa atualmente. Em 2019, tornou-se presidente do Conselho de Curadores da Fundação do Câncer. Em 2022, eleito o novo ocupante da Cadeira 12 do Quadro de Membros Efetivos da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Dra. Maria de Fátima Dias Costa

Graduada em Medicina é doutora em Neurociências - Universidade de Paris XII. Professora Titular de Bioquímica Médica vinculada à Universidade Federal da Bahia, tem pós-doutorado pela Universidade Paris-Val-de-Marne. Atua nas nas áreas de Bioquímica e Neurociências, desenvolvendo projetos voltados para os seguintes temas: interação neurônio-glia, neurotoxicidade, neuroinflamação e resposta imune do sistema nervoso a agentes inflamatórios, modulação da neuroinflamação por flavonoides e outras plantas medicinais. Orienta alunos nos programas de Imunologia e Processos Interativos (UFBA) e no Doutorado de Neurociências (UFRJ). É pesquisadora do grupo Laboratório de Neuroquímica (ICS-UFBA) e do INCT de Neurociência Translacional (INNT); atua ainda em planejamento, gestão de atividades de pesquisa e pós-graduação e em avaliações institucionais.

Dra. Leila Chimelli

Doutora em Neuropatologia pela Universidade de Londres, e possui pós-doutorado pela Universidade de Paris. Desde janeiro/2017 é professora/orientador do programa de pós-graduação (Doutorado) em Neurociências Translacional (PGNET) da UFRJ. Atua também, como Pesquisadora, Colaboradora do Centro de Estudos e Pesquisa em Neurociências. Especializada em Neuropatologia, com importante produção científica e experiência diagnóstica, com ênfase em neuropatologia infecciosa, do desenvolvimento, vascular e degenerativa (doenças por prion), patologia dos tumores cerebrais, AIDS, hanseníase, patologia dos nervos periféricos e dos músculos, tumores de hipófise, atuando como consultora diagnóstica para todo o país. Membro do Comitê Avaliador de Escolas Médicas (MEC). Revisor de vários periódicos nacionais e internacionais e de projetos de pesquisa do CNPq, Capes, FAPESP, Faperj. Vice-Presidente para assuntos acadêmicos da Sociedade Brasileira de Patologia (biênio 2008-2009), Secretária adjunta (2007-2010), Vice-Presidente da Sociedade Internacional de Neuropatologia (2010-2014) e foi a Presidente do XVIII Congresso Internacional de Neuropatologia em 2014 no Rio de Janeiro.

Dr. Ricardo Nitrini

Médico neurologista, formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) em 1971, foi residente e preceptor de residentes de Neurologia do Hospital das Clínicas da FMUSP de 1972 a 1976 e tem sua vida acadêmica estreitamente ligada a esta instituição. Com a constituição do Banco de Encéfalos do Laboratório de Envelhecimento Cerebral da FMUSP, passou a integrar grupo também multidisciplinar de pesquisas em neuropatologia de demências. Faz parte do corpo editorial de periódicos nacionais e internacionais e é o editor-chefe e fundador do periódico Dementia & Neuropsychologia, órgão oficial do Departamento de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia e da Associação Brasileira de Neuropsiquiatria Geriátrica. Desde fevereiro de 2012 é professor titular de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. É Presidente da Comissão Científica da Academia Brasileira de Neurologia.

Uma das perspectivas futuras do PGNET, é produzir conteúdos científicos de fácil acesso ao público que possui interesse em ciência. Para isso, está sendo desenvolvido um podcast, junto às demais instituições vinculadas ao programa. Dessa forma, professores, colaboradores, chefes de laboratório, pesquisadores, doutorandos e mestrandos podem compartilhar informações acerca dos seus trabalhos. Com essa abordagem é possível estimular cada vez mais os discentes, e também o público que possui interesse no mundo científico e acadêmico.

A utilização das redes sociais é muito importante para a divulgação científica, já que são plataformas muito utilizadas no cotidiano. Todas as informações obtidas pelo PGNET, acerca dos trabalhos desenvolvidos pelos aluinos, serão frequentemente atualizadas e disponibilizadas nessas plataformas. Com isso, os alunos e professores do programa conseguem se motivar ainda mais, e ainda auxiliam outras pessoas que se interessam por conteúdos científicos.

Fala cientistas! Esse é o "Nosso Podcast". Aqui você vai se informar e se atualizar acerca dos trabalhos desenvolvidos pelos professores da rede PGNET. Além disso, ele possui um papel importante no processo de divulgação científica. Nesse primeiro bloco as entrevistas serão feitas com diretores de pesquisa e professores do PGNET. Venham conferir!

Dra. Angela Wyse

Dra. Maria de Fátima Dias Costa

Dr. Paulo Caramelli