Carregando...

Programa de Pós-graduação em Neurociência Translacional - PGNET

O PGNET é um programa de pós-graduação, coordenado pelo Professor Dr. Vivaldo Moura Neto, voltado para a formação de cientistas, e tem como foco o desenvolvimento de pesquisas que poderão ser aplicadas às doenças relacionadas ao sistema nervoso. O Instituto Nacional de Neurociência Translacional (INNT) mantém esse programa desde 2017, e vem garantindo grandes resultados em suas pesquisas. O PGNET garante ao aluno uma gama considerável de linhas de pesquisa, com professores de excelência e especialistas que vão auxiliar na formação do estudante. Além disso, é um programa que possui um diferencial bem acentuado junto a temas bem completos e de ampla importância. Para complementar as atividades do PGNET as parcerias são fundamentais, sejam elas nacionais ou internacionais.

Diferencial

O grande diferencial do PGNET é a sua ampla rede de assistência, embasada e oferecida pelo INNT. O PGNET garante aos seus alunos um maior acesso aos professores e orientadores, já que é um programa de pós-graduação onde o aluno tem livre acesso em todo o país. Esse acesso é garantido devido a facilidade que o programa propõe, para que os alunos tenham acesso a conhecimentos a partir de um contato remoto do aluno com o seu orientador. Esse acesso remoto vem ganhando espaço no meio acadêmico. Isso garante que o estudante consiga obter mais conhecimento, podendo aplicá-lo futuramente no contexto de alguma doença que precise de um novo tratamento ou auxiliar em algum tratamento já existente. E isso é a visão da neurociência translacional. A sua aplicabilidade!.

Temas

Os temas encontrados nas linhas de pesquisa são diversos, e garantem que os alunos possuam uma gama de atividades que enriqueçam seus conhecimentos. Esses temas podem variar entre epilepsia, doença de Parkinson, tumor cerebral, morte celular na retina, memória, doença de Alzheimer, Célula tronco, Acidente vascular cerebral, Arboviroses, Neuroplasticidade, entre diversos outros temas importantes para a neurociência translacional.

Nossos Trabalhos

Os trabalhos desenvolvidos junto à PGNET contam com a colaboração de diversos profissionais (alunos e docentes) qualificados e com uma bagagem científica de excelência! Com base nisso, alguns membros do corpo discente já possuem resultados que contribuem para o avanço científico, na área de neurociência translacional, visto que a pesquisa científica é fundamental para o desenvolvimento da área abordada.

Clicando aqui é possível conhecer as linhas de pesquisa desenvolvidas junto a PGNET

Próximo processo seletivo:

O Instituto Nacional de Neurociência Translacional (INNT) divulgou o edital de seleção para ingresso no curso de doutorado de seu programa de Pós-Graduação em Neurociência Translacional. O Edital nº 204 e resumo, com dados de 23/02/2023, foi/foram encaminhado(s) para a gráfica com publicação prevista para o Boletim nº 09 de 02/03/2023 e DOU do próximo dia útil. As inscrições vão de 05 de março de 2023 até 30 de novembro de 2023. O PGNET é sediado no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Para se inscrever, os candidatos devem enviar os documentos requeridos ao coordenador do PGNET, Vivaldo Moura Neto, pelo e-mail vivaldomouraneto@gmail.com Para saber mais sobre os documentos necessários para a inscrição, a avaliação dos candidatos e a divulgação do resultado final, acesse o edital.

Como e quando me inscrever: As inscrições estarão abertas a partir do dia 05 de março de 2023 até 30 de novembro de 2023, por via eletrônica endereçadas ao Coordenador Professor Vivaldo Moura Neto, no e-mail vivaldomouraneto@gmail.com

O orientador do aluno candidato é inteiramente responsável pela inscrição do candidato e a autorização para realização da seleção é atribuição da Comissão Coordenadora do Programa, representada pelo Coordenador em exercício.

É importante que o aluno tenha um certo grau de proficiência em inglês, para que não tenha dificuldades nos processos de leitura, escrita e desenvolvimento de artigos acadêmicos. De preferência o aluno deve ter uma declaração de curso especializado

Os candidatos deverão apresentar, no ato da inscrição, os seguintes documentos, em versão digital para o e-mail indicado acima. - Ficha de inscrição conforme modelo padrão preenchida e assinada pelo candidato e pelo orientador. Esta ficha de inscrição poderá ser obtida pelo e-mail do coordenador ou no site do PGNET: http://innt.org.br/pos-graduacao - Declaração de aceite de orientador credenciado pela Pós-Graduação em Neurociência Translacional, para orientar a tese do candidato. - Projeto de tese resumido (até 5 páginas), Curriculum vitae, em versão digital PDF (e-mail).

O aluno deve submeter o seu projeto para uma banca examinadora, composta por 3 doutores e o orientador. O candidato tem 30 minutos para apresentação do projeto, e em seguida a submissão da banca examinadora. Ao final o orientador produzirá uma ata com o resultado do processo seletivo. A ata da defesa do projeto acompanha essa documentação direcionada ao coordenador do PGNET.

Se aprovado o aluno deverá apresentar eletronicamente os seguintes documentos para efeito de matrícula: - Cópia do diploma de Graduação e Mestrado. Este último, caso possua. - Cópia autenticada da certidão de nascimento ou casamento. - Cópia autenticada do Título de eleitor. - Cópia autenticada do Certificado de Reservista. - Cópia autenticada do CPF e carteira de identidade, para candidatos brasileiros (estrangeiros devem apresentar documentos equivalentes).

Ao longo da realização do doutorado o aluno deverá apresentar, até 6 meses antes da defesa, um projeto de qualificação. Esse projeto corresponderia a uma possível atividade experimental após o doutorado, mostrando que o aluno tem competência para redigir um projeto de pesquisa de seu interesse. O exame desse projeto deve ser feito por uma banca com 3 doutores, indicados pelo orientador do aluno. O aluno terá 40 minutos para defender o seu projeto e em seguida ser examinado pela banca. Ao final, o orientador faz lavrar uma ata do ocorrido neste exame, e encaminhara-la ao coordenador do curso.

O aluno deve redigir a sua tese de doutorado segundo os padrões definidos pela UFRJ e ABNT. A tese deve, obrigatoriamente, apresentar um resumo em inglês (abstract), mas a tese também pode ser redigida e defendida em inglês, ou outra língua, como desejar o candidato e o orientador. Naturalmente a banca deve avaliar nas condições do idioma adotado. A banca de tese compõe-se de 3 doutores. Um deles obrigatoriamente do corpo docente do PGNET, o orientador e os suplentes, um dos membros organizadores (parte do PGNET) e outro dos membros externos ao programa. O aluno terá entre 50 e 60 minutos para defender a tese, e em seguida será examinado pelos membros da banca. Também ao final da defesa o orientador deve providenciar uma ata que relate o desenvolvimento dos trabalhos de defesa e arguição.

Nossos trabalhos

Revascularização Carotídea após isquemia
cerebral aguda: avaliação descritiva em um grupo de 50 pacientes e série de caso.

Dr. Arno Von Buttner Ristow

Nossos trabalhos

Estimulação elétrica no nervo vago e susceptibilidade à depressão alastrante cortical: Análise eletrofisiológica de seus mecanismos de 50 pacientes e série de caso.

Dra. Andreia Albuquerque Cunha Lopes de Morais

Nossos trabalhos

Caracterização dos adenomas smatotróficos puros e bihormonais

Dr. Paulo José da Mata

Nossos trabalhos

Qualidade de vida, sintomas de ansiedade e depressão em longo prazo após cirurgia de epilepsia de lobo temporal relacionada à esclerose do hipocampo: estudo prospectivo.

Dra. Maria Luiza Benevides

Nossos trabalhos

Escala Glasgow-Pupila como preditor de mortalidade e prognóstico funcional em pacientes com traumatismo craniano grave: estudo prospectivo

Dra. Melina Moré Bertotti

Nossos trabalhos

Avaliação das células estromais mesenquimais da ferme do prepúcio humano como fonte do sistema nervoso em abordagens in vitro e in vivo

Dr. Augusto Cesar Asciutti

Nossos trabalhos

Resiliência da celularidade neural à influência da escolaridade e da atividade física

Dra. Viviane Aparecida Carvalho Morais

Docentes

O INNT é composto por 23 pesquisadores ligados a instituições de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Niterói, Belo Horizonte, São João del Rei, Curitiba, Porto Alegre e Salvador. Saiba mais sobre os integrantes.